Biodiversidade Teresópolis – fotos de Aves, Insetos, Aranhas

Lasiodora curtior

Grammostola pulchra

As famosas, temidas e odiadas caranguejeiras (tarântulas)) não são perigosas para a espécie humana! Ao contrário, são extremamente úteis pelo papel que desempenham na ecologia em nosso planeta. As características que mais amedrontam as pessoas são suas patas longas com garras na ponta e o corpo revestido de pelos. Embora não produzam toxinas nocivas aos humanos, seus pelos urticantes podem causar irritação na pele e principalmente nas mucosas de vias aéreas superiores, quando, então podem causar sérios danos à saúde.

A identificação desta foto se deve à colaboração do professor Renner Batista, da UFRJ. Segundo ele, “É difícil identificar caranguejeiras apenas por fotos, especialmente sem referência de tamanho… mas parecem bastante com Theraphosidae: Lasiodora curtior.” Quando acrescentei que o tamanho aproximado seria 14 cm de diâmetro, ele reafirmou a identificação: “Pelo tamanho (14 cm de diâmetro), acho que são realmente Lasiodora, pois outros gêneros parecidos do RJ são menores. Esse nome específico, Lasiodora curtior, é um dos muitos nomes disponíveis para essa espécie, mas eu dou preferência a ele, por ser o mais claramente determinável no momento.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site dedicado a educação ambiental, revelando não apenas a beleza da Natureza, mas sua importância para a vida humana, no campo físico e no psicológico. A limitação física ao município de Teresópolis se deve às limitações físicas do autor, cujas fotos são quase exclusivamente do bairro Canoas (Teresópolis), enorme área adjacentes ao Parque dos 3 Picos, uma extensão da Serra dos Órgãos. São quase duas mil fotos de aves, insetos, aranhas, serpentes, mamíferos, plantas e fungos.